Um ministro fora do eixo

Dora Kramer, O Estado de S.Paulo

À parte a gratuidade do gesto, a retirada do ministro Ricardo Lewandowski do plenário ao início da sessão de ontem representou o ápice de um equívoco cometido pelo revisor ao longo de todo o julgamento do processo do mensalão: o de acreditar que seu papel era equivalente ao do relator Joaquim Barbosa.

A rigor, a única prerrogativa especial do revisor depois de iniciado o processo de votação é a de se manifestar logo após o relator, antes dos demais ministros.

O condutor da ação penal é o relator, a quem coube durante os últimos sete anos toda a instrução do processo. É o autor original da narrativa e, nessa condição, figura como protagonista. Não da decisão, colegiada, mas dos procedimentos.

Por isso mesmo não fez sentido o arroubo do ministro Ricardo Lewandowski contra a decisão do relator de definir as penas do núcleo político antes dos réus do núcleo financeiro.

Tanto os papéis de revisor e relator não têm o mesmo peso que se fosse Barbosa a ter se retirado, o julgamento não poderia prosseguir, mas, na ausência de Lewandowski, foram decididas normalmente as penas de José Dirceu e José Genoino que haviam sido absolvidos pelo revisor.

Lewandowski não conseguiu explicar por que ficou tão aborrecido. Não tinha seu voto preparado? Se não, deveria, pois os outros colegas todos tinham.

O advogado de José Dirceu não estava presente? Nessa fase o defensor não interfere, até mesmo porque não há nada a ser defendido depois de definida a condenação e antes da apresentação dos embargos.

Joaquim Barbosa “surpreendeu” a Corte? Não foi esse o entendimento do colegiado que não acompanhou o revisor na manifestação de sobressalto.

De surpreendente mesmo só a intempestividade do revisor que, nas primeiras semanas de julgamento, por duas ou três vezes indicou que poderia se retirar e numa delas afirmou não saber se teria “condições” de prosseguir até o fim, mas depois mudou de posição até para não arcar com o ônus de atrasar os trabalhos.

Com todo o respeito que merece o revisor na adoção de sua ótica dos fatos, o ato de protesto em pleno tribunal não falou bem a respeito da objetividade jurídica que o ministro Ricardo Lewandoswki reivindicou para todos seus votos ao longo do julgamento.

Anúncios

Um comentário sobre “Um ministro fora do eixo

  1. Bom dia meus amigos Reprteres do Brasil, que Deus abene e proteja todos vos em o nnome do Senhor Jesus Cristo. Mas eu gostaria de sobre uma reportagem que acabeide assistir na Band, apresentada pelo tambm competente Reprter Sh. Mrcio Santos; na reportagem mostra mais um desses jovens inconseqentes que sai do meio de uma turma que consumia cocana em plena via pblica para agredir um trabalhador, um profissional da Imprensa; logo depois, mostra o delinqente xingando o Reprter na frente do policial, que s fazia anotar os dados do vagabundo. Em outras palavras; est no sangue do profissional de Imprensa, ser Reprter: mas,observa-se que no o mesmo que podemos falar do policial, que passava impresso de ter acabado de acordar. por isso que o crime desorganizado, paree ser organizado; amigos, para ser pocia, advogado, mdico, professor, jurista, etc…. Tm que estar no sangue. A a importancia da pessoa pensar bastante, antes de tomar uma deciso no que diz respeito carreira que pretende seguir. Tem Que Estar No Sangue ! Quanto ao policial ; ele deveria trabalhar em uma CRECHE, com certeza, ele se identificaria bem melhor, Hahahaha !!! Mas para o profissional de Imprensa que estava registrando o trfico, e o consuno em plena via pblica; PARABNS guerreiro, que Deus continue abenoando, e protegendo, na verdade, todos vos, da Imprensa; Homens e Mulheres de Respeito, fiquem com Deus, at a prxima !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s